Curtir Twittar Publicado em | Capelania

header-capelania-militar

Também conhecida como Capelania Castrense, tem sido tarefa extra pastoral de assistência espiritual, consolo e abrigo emocional para aqueles que dão suas vidas para que muitas sejam salvas. As Forças Armadas possuem seus representantes religiosos arregimentados com este fim.

Mas, a Polícia Militar, a Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros fazem parte de milícias regionalizadas e constituídas pelo Estado ou pelos Municípios, que pela natureza do trabalho, expõem as vidas dos seus aguerridos a constantes desgastes físico, mental e emocional na prática profissional diária.

É vital que a igreja de Jesus Cristo realize tarefa evangelística junto àqueles que, combatem a violência e convivem diariamente com a injustiça social ou sob o risco morrerem no atendimento a ocorrências.

A vida do policial civil, seja militar, municipal, do trânsito ou da corporação de bombeiros, é peculiarmente, o que reflete em sua família. Por trabalharem numa escala de horários diferenciada das demais profissões, por enfrentarem constantes mudanças e perigos, não tendo ambiente rotineiro e ainda sob pressão tanto da chefia imediata, bem como da mídia, os combatentes de modo geral estão sempre expostos às variações emocionais.

Para melhor compreendê-los e assisti-los, a fim de que possam levar vida conjugal e familiar saudável, a igreja deve ter o compromisso de carregar seus fardos emocionais, sustenta-los em oração e socorrê-los em toda e qualquer situação que requeira força espiritual.

Em muitas situações o “herói” em seu campo de trabalho é uma vítima de situações adversas e conflitantes no lar. Precisamos levar refrigério às Corporações e cobri-los de orações, tanto por suas inestimáveis vidas quanto para suas preciosas famílias.

“Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai das misericórdias e Deus de toda a consolação, que nos consola em toda a nossa tribulação, para que também possamos consolar os que estiverem em alguma tribulação, pela consolação com que nós mesmos somos consolados por Deus” (2 Co 1:3-4).

www.capelaniabrasileira.com.br/contato/